O plano de parto e a importância da equipe

Plano de parto

É um documento que a gestante ou o casal elabora em que constam todos os seus desejos e expectativas para o trabalho de parto, parto, pós-parto imediato e recepção do bebê.

Para elaborar o plano de parto, a mulher precisa se informar e se conscientizar a respeito das opções seguras e possíveis e definir o que ela deseja e espera, levando em consideração a realidade dos serviços de saúde de sua cidade ou região.

Para que serve o plano de parto?

É no plano de parto que a mulher vai descrever quais procedimentos e intervenções ela gostaria que não fossem realizados, que tipo de atendimento ela gostaria de ter e com quais intervenções ela concorda, caso sejam necessárias, sempre tendo em vista que o parto é um evento dinâmico e que podem ocorrer situações que não permitam o total cumprimento do plano de parto.

Ao estudar para elaborar o documento, a gestante pode notar que nem sempre o atendimento que lhe é oferecido está de acordo com as diretrizes da Organização Mundial da Saúde ou do Ministério da Saúde, pois muitos médicos e hospitais ainda adotam procedimentos que já são amplamente divulgados como desnecessários e até mesmo prejudiciais à saúde da mulher ou do bebê.

O médico é obrigado a seguir?

Os médicos ou hospitais não são obrigados a seguirem o plano de parto, mas o fato da mulher estar informada e saber o que quer, já faz com que eles a tratem de maneira diferenciada, pois sabem que ela estudou, se informou e que se eles não cumprirem o que está no documento, podem ser processados por violência obstétrica.

Somente com informações de qualidade, baseadas em evidências científicas, é que a mulher poderá ter consciência do que é realmente necessário, de quais intervenções ela pode negar, quais caracterizam violência obstétrica e, assim, evitar surpresas desagradáveis durante esse momento de fragilidade emocional.

A importância da equipe na assistência ao parto

Muitas mulheres nos procuram no final da gestação justamente porque, ao preparar o plano de parto, percebem que será necessário mais esforço do que elas imaginavam para que o parto ocorra da maneira que elas esperam.

Isso ocorre porque nem sempre é fácil escapar de intervenções desnecessárias, mesmo com plano de parto, principalmente se a mulher não sabe a hora certa de ir para a maternidade e acaba sendo internada cedo demais, ainda nas fases iniciais do trabalho de parto.

Mas isso pode ser evitado se a mulher estiver acompanhada de uma doula e de uma enfermeira obstetra.

A enfermeira obstetra é a profissional capacitada para avaliar o bem estar da mãe e do bebê e garantir a segurança durante o trabalho de parto e parto. A doula acolhe, apoia, aplica técnicas para alívio da dor, preocupa-se em garantir o conforto físico e emocional da mulher que vai parir. Dessa forma, podemos ficar com a mulher em casa até quando estiver bem próximo do bebê nascer, evitando internação precoce e garantindo segurança, conforto e uma experiência positiva no parto.

Se você precisar de ajuda para elaborar o seu plano de parto, pode contar conosco! Oferecemos informação gratuita e de qualidade nos grupos de gestantes, toda quarta-feira, às 19h30, ou também individualmente às gestantes que acompanhamos.

Quer saber mais? Entre em contato com a Mamadanu, será uma honra fazer parte da história de vocês.

Tati Pepe, doula da MamaDanu

Write a comment