Quando devo procurar uma doula?

Quando devo procurar uma doula?

Essa dúvida é muito comum entre as gestantes. Vamos tentar esclarecê-la.

O vínculo

O momento do parto é um momento muito íntimo, em que a mulher deve se sentir o mais confortável possível, por isso, é importante que ela esteja cercada de pessoas em quem confie, que a façam sentir segurança. Se ela deixa para procurar uma doula no final da gestação, o vínculo necessário para que sua presença seja benéfica pode não se estabelecer.

A preparação

A atuação da doula começa ainda na gestação, durante o pré-natal, quando ela vai passar para a gestante/casal informações sobre a fisiologia do parto, técnicas de alívio da dor, funcionamento dos serviços de saúde da sua cidade, cuidados com o bebê, entre muitas outras necessárias para que possam elaborar seu plano de parto com embasamento técnico, científico e atualizado.

Muitas vezes, essas informações são totalmente novas para o casal, o que demanda um tempo para assimilar e compreender bem todas as questões envolvidas no parto e nascimento.

Assim, recomendamos que a gestante/casal comece a procurar a equipe que irá acompanhá-los já no início da gestação, para que no segundo trimestre essa equipe já esteja definida e possa iniciar o trabalho de preparação.

O pagamento

Além da questão do vínculo e do tempo para preparação da gestante, tem uma questão bem prática, que é o pagamento dos honorários da equipe. Contratando a doula, a enfermeira obstetra, ou ambas no início da gestação, há uma maior flexibilidade e possibilidade de dividir o pagamento ao longo da gestação, o que diminui o impacto financeiro nesse momento que, naturalmente, já gera muitos gastos.

Se você está no início da gestação, ainda no primeiro trimestre, e acha que é cedo para procurar uma doula, saiba que esse é o momento ideal.

É inviável contratar uma doula no final da gestação?

Não! Mas, pensando na questão do vínculo entre profissional e gestante e no tempo para preparação, o ideal é que essa relação venha sendo construída ao longo da gestação. A doula precisa conhecer a gestante e vice-versa para que se estabeleça uma relação de entrega e confiança.

Tati Pepe, doula da MamaDanu

Write a comment